SEJA BENVINDO...

Apesar do Brasil ter uma boa imagem fora dele falta muito para ser verdadeiramente um pais de que possamos nos orgulhar.
Falta muito ainda para alcançarmos uma saúde que nos orgulhe, um estudo que nos prepare para a vida e emprego.
O brasileiro enfrenta todas as dificuldades com muita garra e é muito solidário quando acontece alguma infelicidade com outros.
Acolhe todos os outros povos e sua alegria tropical é reconhecida em todos os cantos do mundo.
O brasileiro merece um país muito melhor e eu acredito nisso.







2009/05/16

SOMOS UM PAÍS DE IDOSOS (Maria Lúcia Inocêncio Camargo)

Somos hoje um país de idosos não preparado para essa realidade.
A grande maioria das famílias hoje constituídas,vivem da aposentadoria dos idosos pois os jovens começam a trabalhar mais tarde e não estão preparados para a grande competição do mercado de trabalho por não terem qualificação técnica para isso.
Os ônibus não estão adaptados para as nossas pernas, hoje não tão ágeis.As ruas estão esburacadas e temos medo de andar por elas, pois se fraturarmos algum osso,a recuperação será muito mais lenta,se houver.
Nossos filhos estão ocupados demais com a vida deles e não participam da nossa.
Os médicos estão apressados demais,trabalhando demais e não tem tempo á dedicar a nos ouvir.
O serviço público de saúde é impessoal demais e salvo raríssimas excessões não nos atendem como gostaríamos.
Os remédios estão pela hora da morte,apesar dos genéricos e com os parcos recursos que nos sobram,ás vezes não podemos comprar nem um comprimido para dor de cabeça.
Os psiquiatras e psicólogos não estão preparados para nos ajudarem a viver melhor, pois a grande preocupação dos bancos escolares é com a juventude.
Na realidade, estamos "ao Deus dará".

2009/05/05

A INERCIA SOCIAL - Vilmar Bruno

A Inércia Social



Niterói-RJ, 13 de abril de 2009.





O equilíbrio entre o socialismo e o capitalismo é o caminho mais adequado para o equacionamento social desejável. Não sendo de bom alvitre a radicalização doutrinária, sem refletir em uma possível flexibilização para encontrar o aperfeiçoamento constante do sistema aplicado.



A crise financeira, econômica e social que abala o mundo é resultado da evolução especulativa e gananciosa do homem, máxime o capitalista. Por sua ambição desmedida sofrem todos, principalmente às crianças com a subvida que lhes são, por maioria, imputadas pelos descasos e omissões da própria sociedade.



Os jovens sem preparos educacionais e profissionais, mínimos necessários, têm dificuldades em alcançar uma colocação no mercado de trabalho, vivendo às margens da clandestinidade trabalhista. Enquanto os trabalhadores formais tentam resistir e se esquivar do espectro do desemprego que assola o País.



Já os aposentados e os pensionistas pelo Regime Geral da Previdência Social – RGPS (INSS), estes são constantemente espoliados pelos governos, com crise ou sem crise financeira. Eles acumulam, anos após anos, perdas em seus vencimentos, ocasionadas pela fórmula de reajuste diferenciado aos aplicados sobre o salário-mínimo. De maneira que ao se aposentar com o salário superior ao mínimo, o cidadão, fatalmente, um dia, terá o seu benefício reduzido ao menor salário do País.



A legislação Previdenciária, vigente, que trata da aposentadoria é cruel e desumana. É primordial a união de toda sociedade civil, seja por meio dos sindicatos, dos partidos políticos, das Ong’s, etc., para juntos colocarem as divergências de lado e reivindicarem a Câmara Federal a aprovação dos Projetos de Emenda à Constituição – PEC’s, que estão para serem votadas. Pois o interesse é dos trabalhadores, aposentados, pensionistas, estudantes, enfim, de todos os brasileiros.



Os aposentados, pensionistas e trabalhadores, tão cedo não terão outra oportunidade de recuperar o valor real dos seus benefícios que, verdadeiramente, fazem jus.



Acorda Brasil!





Um forte abraço,





VILMAR BRUNO

Administrador

Vice-presidente da Seção Sindical Sinpaf/Ceasa-RJ

Membro do Movimento de Aposentados, Pensionistas e Idosos – MAPI

Niterói - Rio de Janeiro

2009/05/02

O CUIDADO QUE DEVEMOS TER COM IDOSOS DOENTES.


É muito importante alguém da família acompanhar os seus doentes mesmo em casa.
Conheço pessoas que contratam enfermeiras ou acompanhantes de idosos que não tem a menor condição de cuidar deles.
Essas pessoas sem paciência,batem nos doentes,esfregam as fraldas neles,gritam,maltratam.
Os parentes,principalmente filhos,filhas,netos,devem ficar atentos aos sinais.
O paciente idoso,sempre procura mostrar o que está acontecendo e sempre devemos procurar manchas de beliscões, hematomas na sua pele frágil.
Mas além disso, devemos pedir informações sobre as pessoas contratadas.

AMOR NA MELHOR IDADE- Maria Lúcia Inocêncio Camargo.


Os jovens não estão preparados para verem seu pai e mãe amando novamente, depois de ficarem viúvos ou separados.
Isso é bom para a pele,para o cabelo,para a auto-estima,para a vida.O ser humano é social, portanto gosta de viver junto á outras pessoas e muitas vezes, os filhos e netos tem vida própria, não podendo dispensar horas aos idosos.
Isso é tão saudável, que pessoas idosas que vivem em asilos,muitas vezes tem um novo relacionamento.
Nos últimos anos,como a mulher tem jornada dupla de trabalho,ela esquece um pouco a sua vida sexual.
Porém, com os filhos crescidos,com um salário, com viagens,com várias atividades fora de casa,é natural que os idosos venham a conhecer pessoas e se envolvam com elas.
Nada mais saudável e natural.
Não é verdade que depois dos cinquenta anos, o interesse sexual acabe.
Muito ao contrário,a cabeça fica mais livre e solta e a certeza de que esse envolvimento não trará filhos, deixa o casal muito mais tranquilo.
O único problema são as DST e a AIDS que estão aí, mas para evitar isso,devemos usar preservativos.
E como as pessoas idosas são mais experientes,elas também são mais seletivas.

TRANSPORTE GRATUITO


METRÔ
Pessoas com 65 anos ou mais tem direito ao "bilhete especial do idoso".Basta comparecer á Estação Marechal Deodoro do Metrô,com documento de identidade e solicitar passe.
Horário 0830 ás 1600h, de segunda a sexta feira.


TRENS METROPOLITANOS

Para tirar os passes,pessoas com 65 anos devem ir á Estação Julio Prestes, procurar o "Balcão de Atendimento ao Idoso" com documento de identidade,comprovante de endereço,foto 3X4 e um número de telefone para contato.
Outras informações: 0800-550121 das 0700 ás 1800h.

TRENS DE LONGO PERCURSO

Quem completou 65 anos pode fazer viagens de longo percurso,por trem,sem pagar passagem.Basta apresentar documento de identidade.
Informações: 088-550121.

ONIBUS URBANO

Mulheres a partir de 60 anos e homens a partir de 65 anos.Basta apresentar documento de identidade.

DICAS - Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

O idoso que viaja, vive mais e melhor.Procure praticar atividades físicas para ter uma vida mais saudável.A convivência em grupos também é importante.

DICAS,ENDEREÇOS E TELEFONES ÚTEIS PARA IDOSOS EM SÃO PAULO.


A quem denunciar maus tratos

PROMOTORIA DE ATENDIMENTO AO IDOSO

Funciona na Capital e recebe denúncias de idosos vítimas de violência e maus tratos e abusos cometidos em clínicas e asilos também.
Horário de segunda a sexta-feira das 1200h ás 1900h.
Rua Riachuelo,115, 1.andar
Telefone: (11)3119-9082 e 3119-9083.
DELEGACIA DO IDOSO
Estação Republica do Metrô.Atende de segunda a sexta feira das 00900h ás 1900h.
Telefones (11) 3256-3540 e 3237-0666

2009/05/01

JOAQUIM BARBOSA: POR DIZER A VERDADE.


Joaquim Barbosa: Por dizer a verdade


Análise política

Joaquim Benedito Barbosa Gomes é o nome dele.

Conhecido como Joaquim Barbosa, apenas, ele é ministro do Supremo Tribunal Federal do Brasil desde 25 de junho de 2003, quando nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. É o único negro entre os atuais ministros do STF.

Joaquim Barbosa nasceu no município mineiro de Paracatu em 7 de outubro de 1954 (54 anos), noroeste de Minas Gerais.

É o primogênito de oito filhos.

Pai pedreiro e mãe dona de casa, passou a ser arrimo de família quando estes se separaram.

Aos 16 anos foi sozinho para Brasília, arranjou emprego na gráfica do Correio Braziliense e terminou o segundo grau, sempre estudando em colégio público.

Obteve seu bacharelado em Direito na Universidade de Brasília, onde, em seguida, obteve seu mestrado em Direito do Estado.

Prestou concurso público para Procurador da República e foi aprovado.

Licenciou-se do cargo e foi estudar na França por quatro anos, tendo obtido seu Mestrado em Direito Público pela Universidade de Paris-II (Panthéon-Assas) em 1990 e seu Doutorado em Direito Público pela Universidade de Paris-II (Panthéon-Assas) em 1993.

Retornou ao cargo de procurador no Rio de Janeiro e professor concursado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Foi Visiting Scholar no Human Rights Institute da faculdade de direito da Universidade Columbia em Nova York (1999 a 2000), e Visiting Scholar na Universidade da California, Los Angeles School of Law (2002 a 2003).

Fez estudos complementares de idiomas estrangeiros no Brasil, na Inglaterra, nos Estados Unidos, na Áustria e na Alemanha. É fluente em francês, inglês e alemão.

O currículo do ministro do STF Joaquim Barbosa que vocês acabam de ler
foi extraído da Wikipédia, mas pode ser encontrado facilmente nos arquivos dos órgãos oficiais do Estado Brasileiro.

“E o que mostra esse currículo?”, perguntarão vocês. Antes de responder, quero dizer que o histórico de vida de Joaquim Barbosa pesa muito neste caso, porque mostra que ele, à diferença de seus pares, é alguém que chegou aonde chegou lutando contra dificuldades imensas que os outros membros do STF jamais sequer sonharam em enfrentar.

Não se quer aceitar, nesse debate – ou melhor, a mídia, a direita, o PSDB, o PFL, os Frias, os Marinho, os Civita não querem aceitar –, que Joaquim Barbosa é um estranho no ninho racialmente elitista que é o Supremo Tribunal Federal, pois esse negro filho de pedreiro do interior de Minas é apenas o terceiro ministro negro da Corte em 102 anos, conforme a Wikipédia, tendo sido precedido por Pedro Lessa (1907 a 1921) e por Hermenegildo de Barros (1919 a 1937).

E quem é o STF hoje no Brasil? Acabamos de ver recentemente nos casos Daniel Dantas, Eliana Tranchesi etc. É o que sempre foi: a porta por onde os ricos escapam de seus crimes.

Joaquim Barbosa é isolado por seus pares pelo que é: negro de origem pobre numa Corte quase que exclusivamente branca nos últimos mais de
cem anos, que julga uma maioria descomunal de causas que beneficiam a elite branca e rica do país.

Sobre o que ele disse ao presidente do STF, Gilmar Mendes, apenas repercutiu o que têm dito, em ampla maioria, juízes, advogados, jornalistas, acadêmicos de toda parte do Brasil e do mundo, que o atual presidente do Supremo, com suas polêmicas midiáticas, com denúncias de grampos ilegais que não se sustentam e que ele até já reconheceu que “podem” não ter existido – depois de toda palhaçada que fez –, desserve à instituição que preside e ao próprio conceito de Justiça.

Gilmar Mendes pareceu-me ter querido “pôr o negrinho em seu lugar”, e
este, altivo, enorme, colossal, respondeu-lhe, com todas as letras, que não o confundisse com “um dos capangas” do supremo presidente “em Mato Grosso”.

Falando nisso, a mídia poderia focar nesse ponto, sobre “Mato Grosso”, mas preferiu o silêncio. Esperemos...

Recomendo-lhes que, depois de terminarem de ler este texto, voltem aqui e terminem de ler o currículo de Joaquim Barbosa na Wikipédia,clicando Aqui. Claro que muitos dirão que a Wikipédia é “aparelhada pelo PT”, sem darem maiores explicações sobre como e por que isso acontece. Mas eu concordo com o texto ali postado. A meu ver, está mais do que correto.

Finalmente, esse episódio revelou-se benigno para a nação, a meu juízo, pois mostrou que ainda resta esperança para a Justiça brasileira. Enquanto houver um só que enfrente uma luta aparentemente desigual para si simplesmente para dizer o que falam quase todos, porém sem que os poucos poderosos dêem ouvidos, haverá esperança.

Enquanto um resistir, resistiremos todos.

Joaquim Barbosa é um estranho no ninho do STF, entre a elite branca da
nação, e está sendo combatido por isso e por simplesmente dizer a verdade em meio a um mar de hipocrisia. O Brasil inteiro sabe disso e essa talvez seja a verdade mais importante, pois dará conseqüência aos
fatos, se Deus quiser.

Escrito por Eduardo Guimarães às 10h31

Por sugestão dos leitores Eli, de Salvador, e Vera Pereira, do Rio,reproduzo, acima, vídeo em que o ministro do STF Joaquim Barbosa passa uma carraspana no Gilmar "Dantas".

Amigos, é de lavar a alma. Agradeço aos leitores a sugestão.
E para quem não tem como assistir o vídeo, reproduzo, abaixo, a parte mais, digamos, "quente" da reprimenda que Barbosa passou em Dantas, digo, em Mendes.

-“Vossa excelência está destruindo a Justiça desse país e vem agora dar lição de moral em mim. Saia à rua, ministro Gilmar. Vossa excelência não está na rua, está na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro. Vossa excelência, quando se dirige a mim, não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar.”


Reproduzo e assino embaixo.É a mais pura verdade!O Brasil está repleto de discriminação,preconceito,falta de vergonha na cara!Só não vê quem não quer!
Graças á Deus que existe o Blog onde podemos postar nossas idéias que ás vezes não tem espaço na mídia escrita ou falada.
Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

PRECONCEITO - Maria Lúcia Inocêncio Camargo




PRECONCEITO

Maria Lúcia Inocêncio Camargo.

A primeira vez em que fui á minha psicóloga, ela me disse exatamente isso:-"Que preconceito é uma opinião individual que se emite antecipadamente,sem informação suficiente para ter um julgamento verdadeiro,fundamentado e raciocinado"
Isso me fez pensar durante muito tempo e eu vi que eu era uma pessoa preconceituosa de muitas formas que eu nunca tinha visto como preconceito.
Muitas coisas que eu pensava,não passavam de preconceitos disfarçados.
E ainda agora,vendo o vídeo sobre essa mulher,Susan Boyle, vejo que o preconceito ainda existe dentro de mim e que devo continuar pensando sobre muitas coisas que não imaginava.
Os preconceitos racistas,são os mais vistos e reconhecidos, mas existem vários outros
que quase passam desapercebidos.
Que um negro com um carro bonito só pode ter roubado o carro, que uma loira é sempre burra.Que uma mulher madura com um jovem é porque está comprando o homem.Que uma mulher bem sucedida financeiramente não tem condições de ter um homem interessado nela,só no seu dinheiro.Preconceitos sobre gordos, magros,altos e baixos. Piadas sobre negros,portugueses.Preconceito sobre opção sexual.Apenas para citar alguns.
Muitas vezes uma pessoa talentosa não tem sucesso por puro preconceito,por causa de sua cor,altura,etnia.
Espero que esse vídeo de Susan Boyle sirva não apenas para que vejamos que ela é uma ótima cantora, mas que abra nossos olhos para que deixemos o preconceito de lado.
Tenho passagem entre brancos e negros e por parecer branca,ouço preconceitos dos dois lados e fico muito mal.Ás vezes deixo passar, outras, não me contenho.
Dentro da própria família,multi-racial,ouço preconceitos e não gosto.
Espero sinceramente, que o ser humano melhore, pois falta muito ainda para melhorar.

FALANDO SOBRE O SINDICATO NACIONAL DOS TRABALHADORES APOSENTADOS,PENSIONISTAS E IDOSOS.




Falando sobre o SINDICATO NACIONAL DOS TRABALHADORES APOSENTADOS,PENSIONISTAS E IDOSOS.

Esse Sindicato foi criado para organizar e representar os trabalhadores e trabalhadoras reunindo todos e todas sem distinção de seu ramo de origem em 18 de maio de 2000 e, ganhou o "I" de Idoso no 2.Congresso Extraordinário, em novembro de 2007.
Entre as principais propostas do segmento dos aposentados,pensionistas e idosos estão o fim do fator previdenciário e a luta pela recuperação das perdas dos benefícios, com índices de valorização que façam justica aos anos de contribuição.
O SINTAPI/CUT tem as seguintes sedes no Estado de São Paulo:
Araçatuba e Região
Cosmópolis e Região
Mogi das Cruzes e região
Itapeva e Região
Regional da Baixada Santista
Socorro e Região
Mogi Guaçu e região
Municipal da Praia Grande
Além das Delegacias de Caraguatatuba e Suzano.

ESTATUTO DO IDOSO - Lei n.10.741 de 01 de outubro de 2003.



Hoje,o Brasil não é mais um país de jovens, o número de idosos está aumentando muito graças ao progresso que aumentou a expectativa de vida.
Com isso,nas escolas e universidades vê-se hoje muitos idosos voltando aos bancos escolares.
As empresas, aproveitando a grande experiência e conhecimento dos idosos estão valorizando essa mão de obra e vários ramos do comércio oferecem atrações específicas para quem tem mais de 60 anos.Hoje,um brasileiro vive em média 71 anos de idade .Em contrapartida, a violência contra os jovens,dizima muitas vidas adolescentes.
Como nossa sociedade está idosa,não sabemos ainda lidar com isso muito bem,pois as necessidades e urgências dessa faixa etária ainda são desconhecidas.
Novos direitos e novas prioridades são cobradas pelos idosos que se tornaram uma força social muito influente e ouvida.
O Estatuto do Idoso em seu artigo 1.diz que foi

"Instituído o Estatuto do Idoso,destinado a regular os direitos assegurados às pessoas com idade superior a 60 sessenta)anos."

Para podermos garantir e cobrar nossos direitos junto à família,sociedade e
Poder Público,precisamos conhecer o Estatuto do Idoso.
Atualmente existem cerca de 26 milhões de aposentados e pensionistas no Brasil.

Quem sou eu

Minha foto

Trabalhei no serviço público e quando me aposentei passei a fazer trabalhos manuais, poesias, artes plásticas e artesanato.Tenho um pequeno ateliê e sou muito ocupada Adoro viajar e fazer cursos.Sou blogueira com muito orgulho.Amo ajudar a cuidar dos meus netos.
Meu desejo é divulgar meu trabalho e conhecer pessoas.

Seguidores

Total de visualizações de página